A elegância da alfaiataria não sai de moda

A alfaiataria já passou por diversas fases ao longo da história. Ser alfaiate é uma profissão antiga e que acompanhou a história da moda praticamente desde o seu começo.

Antigamente, um alfaiate era definido exatamente como um cortador de tecidos. Com o crescimento do interesse pela moda nas sociedades, principalmente no Europa, essa profissão se tornou super valorizada e exclusiva para quem tinha mais dinheiro. Afinal, o alfaiate era responsável por criar as peças de roupas desfiladas nas cortes e palácios.

Após a revolução industrial é que o uso do terno e gravata se tornou mais comum, sendo usados por pessoas fora da corte, como poetas, artistas, trabalhadores em geral.

A alfaiataria foi responsável por garantir o estilo elegante e impecável de verdadeiros gentlemen. A partir de então, a elegância da alfaiataria foi cada vez mais importante para a sociedade.

Com os homens de hoje em dia não é diferente: um público cada vez mais exigente e que sabe reconhecer peças de qualidade, produzidas com os tecidos ideais e com caimento perfeito.

Peças produzidas com corte de modo a valorizar cada tipo de corpo e por estilistas que enxergam além das tendências para trazer o melhor da elegância da alfaiataria.

A Breda trabalha desde 1960 com a arte da alfaiataria e foi fundada em São Paulo por uma família italiana. Desde então, o Grupo se dedica a trazer sofisticação, qualidade e inovação aos seus produtos e hoje em dia está presente em mais de 7.000 lojas que revendem suas peças em todos os estados do Brasil.

O Grupo Breda se divide em sete marcas para atender de forma exclusiva a todos os estilos de clientes:

· Breda Uomo

· OTT

· Angelo Bertoni

· Breda Donna

· Breda Baby

· Breda Kids

· Breda Jr.

Acompanhe nosso blog para receber dicas de estilo, comportamento e lifestyle e ser elegante onde quer que vá. Seja bem-vindo!

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário