O guia completo dos cintos masculinos

Um cinto tem o poder de completar ou arruinar sua produção: é literalmente a diferença de um homem impecavelmente bem vestido e um homem com uma protuberância estranha na barriga para a qual todo mundo fica olhando com desconforto.

Aprenda a usar esse acessório clássico em nosso guia completo dos cintos masculinos:

Muito além de "segurar as calças” de um homem, os cintos viraram um acessório que muitas vezes é puramente decorativo. Porém, isso não significa que não é preciso caprichar na hora de escolher um cinto.

Fivelas de cintos

Existem diversos tipos de fivelas de cinto, e seu tamanho, material e cor vai definir aonde você poderá usá-lo ou evitá-lo. Por exemplo: fivelas grandes demais são comumente utilizadas por homens em um estilo mais "cowboy”, sendo totalmente antiquadas para um ambiente de trabalho formal.

Fivelas feitas de plástico também não são muito aceitas num ambiente onde é exigido um traje social: o ideal é que elas sejam de metal, mais finas e discretas.

Grossura do cinto

A regra geral é: quanto mais fino o cinto, mais formal ele será. Porém, ele também fica melhor quando usado por homens menores; homens muito altos ou pesados devem investir em cintos um pouco mais largos, para que não fiquem desproporcionais.

Material do cinto

O material é um dos principais detalhes a definir a elegância de um cinto. Os mais formais são fabricados em diversos tipos de couro, como couro de boi, couro trançado, couro de lagarto, de crocodilo, de avestruz ou couro falso, conhecido como couro ecológico, entre outros.

Os cintos mais casuais são de materiais menos nobres, como suede, sarja, vinil e até tecidos mais simples e rústicos que imitam cordas, por exemplo.

Como e quando usar um cinto

Cintos de couro e materiais mais finos devem ser usados com roupas sociais ou esporte fino. Cintos fabricados em outros materiais podem ser usados com qualquer outro tipo de roupa, desde jeans até bermudas.

Ao usar um cinto formal de couro com peças em metal, o couro e metal dos sapatos devem combinar. Por exemplo: cinto de couro preto fosco com metais prateados deve ser usado com sapato de couro preto fosco com fivela também prateada.

E se a calça não tiver passador para cinto?

Teoricamente, se uma calça não tem passador, é porque você não deve usá-la com cinto. Porém, se você sente que precisa de um apoio para que ela não desça ou se quer apenas adicionar um toque de estilo ao seu visual, uma ótima saída é usar suspensórios.

Além de serem bastante estilosos, os suspensórios ajudam pessoas mais baixas a ficarem mais esguias, pois não haverá nada cortando horizontalmente seu corpo.

Preparado para escolher o cinto certo?

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário